segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Olá leitores do projetoJAE!

O testemunho que irei compartilhar é uma prova clara de que o Espírito Santo age de forma livre, e para minha grande surpresa, tive uma das experiências mais marcantes nestes quase 3 anos de conversão em certo culto de jovens em nossa Igreja. Precisamente em Novembro de 2009. Lembro-me de que nesta época estava passando por lutas interiores no que diz respeito ao que algumas pessoas não evangélicas - do nosso convívio - dizem sobre as transformações que passamos através da nova vida em Cristo. Você leitor irmão, sabe muito bem o que é sofrer zombaria pelo evangelho, por Cristo. As pessoas não aceitam que um “ex – alguma coisa” (pode ser: um ex alcoólatra, um ex viciado, ou mesmo um marido incapaz de amar a mulher e os filhos) após virem à Cristo e entregarem as suas vidas, possam ser perdoadas e terem as vias transformadas.No meu caso era um ex-jovem vazio em meu interior que não encontrava felicidade permanente em nada. As pessoas que criticam e zombam talvez nunca conheceram o verdadeiro sentido da palavra ARREPENDIMENTO: Decisão de mudança radical de atitude e vida, em que a pessoa, por ação divina, é levada a reconhecer o seu pecado e a sentir tristeza por ele, decidindo-se abandoná-lo, fundamentando a sua confiança em Deus, o único que pode nos perdoar. O complemento do arrependimento é a FÉ, e os dois juntos produzem a CONVERSÃO, e da conversão vem a vida eterna.
Por isso está escrito: Jesus, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas sim, os doentes. Porque eu não vim para chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento. (Mateus 9.10 a 13
_______________________________________________________________________________
Testemunho do ir. Gabriel Camacho
Tema da palavra: Navegando com Jesus.
Texto da palavra: Matheus 8:23-27 ( Jesus apazigua a tempestade)
Esta passagem será de suma importância no decorrer desta palavra. Guarde-a aí no teu coração.
Pois bem, durante aquele culto ao cantarmos o hino do Ir. Lázaro – A minha vida é do Mestre, o Espírito Santo trouxe ao meu coração com apenas uma frase cantada a palavra que eu gostaria de ministrar ao coração dos irmãos neste texto.
“A Deus entreguei, o barco do meu ser, e entrei no mar a fora.”
Ao aceitarmos Jesus como Salvador nos tornamos discípulos, servos do Senhor, e como diz esta palavra: E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram.
A nossa vida Cristã se inicia, quando deixamos para trás tudo aquilo que acreditávamos ser verdade. Há uma quebra de paradigmas (muito dos conceitos que tomamos por verdade e em algum momento este conceito é rompido , transformado) e descobrimos em Cristo o caminho e a verdade então Jesus passa a tomar em suas mãos o leme de nossas vidas. Não pertencemos mais aquele mundo de pecado, eis que tudo se fez novo. Você entende o que eu quero dizer quando entramos no barco com Cristo e deixamos com ele o leme de nossas vidas? CONFIANÇA, FÉ !
Então, ao entrarmos no barco com Jesus deixamos a terra firme e entregamos o barco de nossas vidas a Deus e partimos para o mar afora. Mar aberto, vida nova, renovada. Agora se imagine, deixando a terra firme e naquele barco pequeno, que navega devagar começa a adentrar o oceano vamos ficando mais distantes daquela pessoa que éramos, começamos a desbravar o mar...(a nossa vida cristã agora é este mar aberto).E essa escolha e entrega é feita diariamente.
Porém não se esqueçam: Ler: Matheus 8:23 E, entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram. ELE entrou no teu barco. Ele está com você.
Porém haverá momentos em que iremos enfrentar o Sol escaldante, o calor, da seca, da falta de alimento,água pra matar a sede, falta de chuva, e o nosso barquinho lá, firme. Hein irmãos? Ou você já se esqueceu? Jesus está nele!
Há momentos na vida de muitos em que no meio deste calor escaldante( problemas decorrentes da nossa própria vida: dívidas, cobranças, insônia, desemprego, DÚVIDAS), em que mesmo sabendo que Ele está no barco nos desesperamos de tal forma que pensamos em pegar o colete e desistir de tudo e pular do barco: ABANDONAR O NAVIO COMO DIZEM. Mas não nos esqueçamos que uma vez lançado ao mar estamos saindo da presença Dele, por mais que achemos que estamos seguros com aquele colete salva-vidas (que é o nosso próprio entendimento Provérbios 3 -5 diz: Confie no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento),
Aí percebemos que este mar não lhe oferece segurança, há os devoradores que habitam neste mar, tubarões, grandes peixes, as correntes que nos afastam da presença de Deus... (as más companhias, o inimigo). Então só aí nos damos conta de que Jesus nos faz seguros ao lado Dele, no barco, onde podemos estar na presença Dele e onde Ele tem o leme de nossas vidas em suas mãos, porque deixamos.
Mas este Deus é tão misericordioso que uma vez sentindo a necessidade d´Ele em nossas vidas, voltamos a nado, dando fortes braçadas,às vezes feridos e cansados gritamos: Senhor!!! Jogue a corda, eu estou aqui Pai, jogue a corda. E Ele o faz.
Voltamos ao barco e continuamos a navegar... Outras dificuldades virão, mas estaremos vacinados, maduros à determinadas situações. O barco continua e quando não, olhamos no mar ao nosso redor e nos damos conta de que não estamos sozinhos. Que há outros barcos que passam por nós, e que navegam junto a nós. Barcos com nomes: Pastor Lucas, Irmão Eliseu, Ir Luiz, Ir Gerson. Todos na presença do Senhor...porque a presença e a força de Deus na vida de cada um é individual.
Às vezes, poderá vir a escassez (outras lutas) e quando menos esperamos os peixes pularão no nosso barco e as bênçãos em forma de maná cairão do céu em nossos barcos. É Deus abençoando o caminho daqueles que persistem. Neste caminho, iremos também passar por pequenas ilhas e nelas haverão pessoas perdidas (náufragos que estando a caminho da salvação ficaram pelo caminho), então lançaremos a estas pessoas o que Deus tem nos ensinado pelo caminho. As bênçãos devem ser compartilhadas por nós ...
E é o que estou fazendo aqui hoje... compartilhando bênçãos, a palavra de Deus.
E estas pessoas, que receberam a palavra de Deus por você a ter levado, retomam aos seus barcos e deixam aquela ilha ao qual jogaram suas ancoras e se estagnaram. Quantos aqui, às vezes dizem: Eu, abandonar ao Senhor? Jamais, mas acabam se entregando ao cansaço da viagem e jogam a ancora numa ilha qualquer. Deixam de crescer espiritualmente na presença do Senhor e de receber bênçãos da parte d´Ele. Quem sabe ha muito você não se encontra ilhado espiritualmente, perdido, carente da presença de Deus e da comunhão com Ele, como era no início de sua jornada? Mas hoje, o Pai está aqui para lhe dizer que você DEVE SEGUIR VIAGEM.
Mas você fez a sua parte, passou por aquela ilha e deixou a palavra de Deus, as boas novas, e isso deu ânimo ao próximo. É Deus te usando irmão. É Deus trabalhando em sua vida para que outros sejam abençoados... que maravilha!
Nesta viagem também nos deparamos com barcos vindo na contramão, voltando atrás, e você grita : Ei, o caminho do Senhor é para lá, Ele está nos guiando para lá, e muitos passam e dizem: Não, eu sei o que faço, eu estou guiando o meu barco, é você que está errado. Um exemplo são tantas e tantas novas “igrejas” e “denominações” que surgem aos montes quase que diariamente... Cheias de profecias de bênçãos e poder, mas nada da palavra, do evangelho, do buscar a Deus...
Você então, ora pede por aqueles que estão indo contra a vontade do nosso pai e segue sua viagem na expectativa de um dia encontrar com eles novamente neste caminho.
Seguindo viagem irmãos, quando TUDO parece ir bem, vem as tempestades, chuvas, mar revolto, sacodem o barco da tua vida, abalam a sua estrutura: e como acontece em nossas vidas quando passamos por um problema gritamos: _ JESUS! Olhe por mim Senhor!!! E quando você percebe o silêncio e o seu Senhor parece estar dormindo.Quem sabe hoje, você não está se sentindo assim..abandonado.
Você, então se esquece de tudo o que vivera até ali, as promessas do qual o Senhor te fez e você começa a se desesperar e MAIS UMA VEZ PENSA EM TOMAR O LEME EM SUAS MÃOS E ASSUMIR O CONTROLE, por ver que: aquele que zela por ti parece está dormindo. Mas eu venho falar ao teu coração está noite. Cristo não se esquece dos teus filhos, ele cuida de nós até quando parece estar tudo perdido... Ele na verdade quer provar a nossa Fé....Até onde você está disposto a,lutar, até onde você está disposto a ir ?
É aí que vem o grande milagre de tudo isso irmãos: Uma vez desesperado, angustiado, caindo em loucura pelas situações tempestuosas que a vida às vezes nos proporciona e você num ato desesperador, faz diferente: Não toma o leme em suas mãos, você não pensa em se atirar do barco, não.... VOCÊ COMEÇA A PROCURAR AQUELA TERRA FIRME QUE FICOU PARA TRÁS, AQUELA PSEUDO FIRMEZA QUE VOCÊ SENTIA POR ESTAR EM TERRA FIRME E SE ESQUECE QUE CRISTO, A PALAVRA É O TEU CHÃO E TUA ROCHA.
Então você começa a caminhar para a parte de trás do barco e cai em choro e começa a gritar pelo nome JESUS... ao olhar novamente para a parte de trás do barco e todo aquele horizonte você percebe que ali no barco há um escrito te lembrando. Como se fosse uma luz você olha e lá está escrito: Não temas , porque eu te remi, chamei-te pelo teu nome, tu és meu. ( Isaías 43:1)
NÃO TEMAS. Irmão, quando Deus tem um propósito para você e Ele te chama, Ele sabe como será a viagem, Ele sabe o que você irá passar. Ele conhece as tuas fraquezas e te cerca com toda a tua glória. Quantas vezes PENSAMOS EM DESISTIR DE TUDO E PULAR DO BARCO? QUANTAS VEZES PENSAMOS EM TOMAR O LEME EM NOSSAS MÃOS? Quantas vezes, olhamos para trás e achamos que é lá onde está a nossa vitória. Aí, vem Jesus, se levanta e coloca as mãos no teu ombro e te convida a olhar para frente, para os céus, para o que te espera, que é a eternidade ao teu lado na glória.
E o nome de cada um de nós cravado no barco? O que quer dizer? Como você identificava cada irmão passando por você no barco dele? Pelo nome escrito no barco. Irmãos, Deus tem o nosso nome gravado em suas mãos. O barco significa a mão de DEUS (Isaías 49: 16 a) e quando for chegada a hora das trombetas serem ouvidas este barco será erguido ao céu, te levando para a Glória eterna. Para o porto Seguro que é a nossa salvação e a eternidade como presente ao lado de Deus. Glória a Deus!
A Deus eu entreguei, o barco do meu ser, e entrei no mar afora......
• Que esta palavra tenha falado ao teu coração.
A paz do Senhor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário